Carregando...

Para agendar uma consulta para o tratamento de interesse, preencha os campos abaixo com seus dados e aguarde o contato e a confirmação da data.

Medicina Fetal

A Medicina Fetal é uma especialidade dentro da Obstetrícia cujo foco de atenção é a saúde fetal. Obviamente a mãe está envolvida nesta especialidade pois ela abriga o feto por todo período gestacional. 

Esta especialidade desenvolveu-se de forma surpreendente a partir da década de 90 quando houve avanço tecnológico nos aparelhos de ultrassonografia e com isso implemento na investigação da morfologia fetal. Neste século já conseguimos visualizar o bebe no interior do ventre materno em tempo real e mais recentemente com as matizes que ele apresenta na cavidade uterina. 

Atualmente os são realizados exames ultrassonográficos durante toda a rotina pré-natal com diferentes finalidades dependendo da idade gestacional.

Medicina FetalNo inicio da gestação é realizado optativamente um exame ultrassonográfico pela via transvaginal para verificação da viabilidade da gestação. Geralmente as perdas precoces acorrem nas primeiras semanas de gestação e são encaradas como processos de seleção natural inicialmente.

Entre a 12° a 14° semanas de gestação realiza-se a ultrassonografia morfológica de 1° trimestre para rastreamento de Síndrome de Down, entre outras. A morfologia fetal é analisada minuciosamente para que a paciente tenha uma gestação tranquila.


A ultrassonografia morfológica de 2° trimestre é realizada entre a 20° e 24° semanas de gestação e tem como objetivo além da complementação do exame de 1° trimestre a melhor visualização de toda a morfologia fetal propiciada pelas dimensões fetais maiores. O funcionamento dos diferentes sistemas fetais também é analisado neste exame. Além disso a verificação do colo uterino materno se faz necessária visando evitar as surpresas como trabalho de parto prematuro.

Quando há qualquer alteração nos exames morfológicos em alguns casos se faz necessária a realização de procedimentos invasivos, cuja indicação varia com a idade gestacional e a patologia a ser pesquisada. No último trimestre o foco de atenção ultrassonográfico é a vitalidade fetal , por risso se faz necessária a realização da dopplerfluxometria fetal e materna de rotina.

A realização da rotina ultrassonográfica pré natal traz uma minimização das ansiedades maternas pois ela entende os exames e se sente particularmente assistida e ao mesmo tempo o tranquiliza o médico obstetra que diminui a possibilidade de intercorrências indesejáveis.

CARDIOTOCOGRAFIA USG

Médica responsável: 
DRA. INGRID RAMOS ROCHA E SILVA 


- Médica especialista em Medicina Fetal com certificação no Fetal Medicine Foundation; 
- Graduação – Faculdade de Medicina da USP São Paulo (1984 – 1990); 
- Residência médica em Ginecologia e Obstetrícia (1992-1995); 
- Título de especialista em Ultrassonografia em Ginecologia e Obstetrícia (2005); 
- Título de especialista em Ginecologia e Obstetrícia (2001); 
- Doutorado pela Faculdade de Medicina da USP São Paulo (2006); 
- Autor de capítulos  Ultrassonografia do Sistema Musculoesquelético (1999 e 2009); 
- Coordenador da Prova para Obtenção do Título de Especialista em Diagnóstico por Imagem do Colégio Brasileiro de Radiologia de 2009 a 2014; 
- Médico Assistente do Instituto de Radiologia do HC FMUSP  a partir de de 2014.